Elie Saab

Elie Saab – cabelos, maquiagem, detalhes e sapatos

Eu sei, estou obcecada.

Mas vamos concordar que ninguém se importa de ver mais um post meu chorando as pitangas pela beleza das criações do Elie Saab, né? Ótimo.

Ver os vestidos não foi suficiente pra mim: tive que ir atrás de detalhes daqueles bordados impecáveis, da maquiagem e cabelo das ninfas modelos, do cabelo, dos sapatos. E é claro que isso só serviu pra me deixar mais apaixonada pelo mestre.

Cabelos:

Essa releitura super simples do clássico rabo de cavalo deixa o visual bem limpo e classudo, acho uma ideia muito legal! Apesar da simplicidade, acho que pra imitar em casa é melhor ter o cabelo bem comprido e sem camadas ou um aplique amigo.

Maquiagem:

Ninguém melhor pra mostrar a maquiagem do desfile que a Karlie Kloss, minha modelo preferida! Pele perfeita, blush leve, delineado fininho, um toque de sombra cintilante e postiços, sobrancelha natural e batom rosinha – na foto dá pra ver que é o Pink Plaid da MAC. A imagem da perfeição!

Detalhes:

Além dos bordados embasbacantes, amei achar essa imagem de perto da estampa que eu tinha adorado. De perto ela é ainda mais linda, como pode?

Sapatos:

E pra finalizar, os sapatos, Mary Janes de tira dupla com o peep toe que quase não deixa espaço pro “peep”, bem anos 60 e acompanhando a paleta de cores do desfile. Usaria fácil!

E pra finalizar, o que que a gente acha disso, Karlie?

Ai, acho o máximo, menina!

por Julia

Elie Saab – um deus, um louco, um feiticeiro

Chegou a hora de palpitação da semana de alta costura: o desfile do Elie Saab. Não é de hoje (como você pode ver aqui, aqui, aqui e aqui, entre muitos ) a nossa admiração pelo estilista libanês que deixa qualquer mulher parecendo uma criatura divina, e ele nunca decepciona!

As coleções nunca são super inovadoras ou ~diferenciadas, mas são impecáveis, com bordados e aplicações absolutamente perfeitos e delicados e modelos que revelam o melhor da feminilidade.

Todo em cores pastel, o desfile passeia entre o branco, azul água, coral, nude, amarelinho, azul e rosa. Amei os vestidos com uma estampa verde água, que parece a imagem de uma renda aumentada com um puxado meio oriental, coisa mais linda!

Chega de papo, vem babar com meus preferidos da temporada:

Também amo vocês, suas lindas!

por Julia

Dia internacional de Elie Saab!

A gente sempre brinca que dia de desfile do Elie Saab devia ser feriado, mas também não é pra menos. O estilista libanês cria alguns dos vestidos mais fenomenais de qualquer passarela do mundo e deixa a gente sonhando sem parar com essas criações cheias de glamour, fendas, decotões e brilhos.

Respira fundo e vem dar uma olhada no que eu mais queria ver no meu armário:

Karlie Kloss, casa comigo? S2

Esse último é meu preferido, achei a combinação dos paetês com o tecido bem fluido simplesmente fenomenal!

Dá uma olhada no desfile inteiro aqui e vem chorar comigo!

por Julia

Elie Saab Haute Couture Fall 2011

Hoje é feriado no Sem Finesse! Dia de desfile Haute Couture de nosso ídolo Elie Saab  é dia de festa por aqui! Fogos de artíficio para essa coleção linda e maravilhosa, cheia de brilho, tecidos fantástico, como tem que ser!

A paleta de cores dessa coleção traz azul bebê, branco, off-white, um nude rose que vai escurecendo, cinza e, para meu deleite, minha cor favorita, azul marinho!  A modelagem é aquela que já conhecemos e tanto gostamos: vestidos acinturados, com fendas e decotes absurdos, seda que mostra e esconde, e panos esvoaçantes. Amamos!

Sem mais lero-lero, nossos favoritos:


Pra não perder a tradição, Elie dá tchauzinho para suas fãs no Sem Finesse:

Ao mestre com carinho!

por Manu


Maio do mestre

Com Cannes e uma série de eventos, nosso mestre amado Elie Saab apareceu que só nos red-carpets! Foram muitos de nossos vestidos eleitos das coleções de verão 2011, tanto Haute Couture como Prét-a-Porter. Confiram:

Emma Roberts ficou bem girlie com esse preto nada básico. Menina sortuda! Renda + transparência + saia rodada de comprimento midi dão aquele contraste lindo entre o sexy e o comportado. O cabelo solto lindo, a sandália pesada e o sorrisão me deixaram bem feliz!

Scarlet Johansson bem “adequada” para um jantar de correspondentes da Casa Branca. O vestido azul bebê tem um jeitinho de inocente, mas não passa ileso pela moça: ela consegue deixar qualquer trapinho sexy. Ainda mais quando tem um decote generoso e um caimento perfeito. Pena que pumps nude me dão sono.

Casava fácil com esse vestido que a atriz Aishwarya Rai usou em Cannes. Renda maravilhosa (detalhes impressionantes como tudo que Elie Saab faz), muito legal o jeito como ela é alternada no vestido e parece criar movimentos. Adorei esse detalhe na cintura, e, embora não costume gostar, amei o fato de ser um ombro só. Chique, diva e aprovada!

Quando vi essa foto de Sarah Jessica Parker, já sabia que iria me marcar por muito tempo. Ela encarou a estampa abstrata desse Elie ready-to-wear e soube explorar todo o lindo movimento da peça. Amei as gracinhas que ela fez para os fotógrafos! Adorei o cabelo, e as joias talvez tenham sido demais, mas SJP sabe como exagerar sem estragar tudo! E a make tava linda!

A sonolenta da Taylor Swift estava bem bonita de Elie Saab em um evento da Billboard. O vestido faz toda o trabalho com esse bordado intricado divino. Agradeço ela por ter usado o cabelo soltinho e não naquele mesmo coque que ela usa em TODOS os eventos. E o batom rosinha também é um pouco diferente dos vermelhos que estamos acostumados a vê-la usar. Pena que ela estava super overdressed pra ocasião. Mas a gente releva só para poder ver um pouco mais de Elie!
A atriz Elena Anaya usou o meu vestido favorito da coleção! Estava muito graciosa, numa vibe meio cinderela. Adorei a make e a trancinha pro lado. Só dispensaria o colar que tirou um pouco a atenção do super decote (embora fosse divino!)

Elsa Zylberstein também apostou na renda preta com esse vestido bicolor que é puro amor. Uma leve trasnparência, essas alças super brilhosas e uma saia super rodada (apesar do peso de tanto blin blig!). A cintura marcada tá o ar feminino desse sonho de Couture!

Mas quem mais ama Elie Saab são as chinesas! Olha que divina a atriz Li Bing Bing nesse off-white com super-fenda!

Ou Zhan Zi Li super feminina com um vestido de um ombro só vermelho no evento da Chopard…

E Li Xiao Ran com esse Elie justissimo, também off-white. O detalhe fica para o brinco com prata com uma pedrinha azul que iluminou o rosto branquinho da atriz.

Mas a rainha de Cannes é a atriz chinesa Fan Bing Bing. Sempre impecável, ela desfilou muitos looks couture pelo festival francês: três deles Elie Saab. Adoro todos, mas o favorito é o lilás!

E que venha na próxima semana a nova coleção de alta costura do nosso estilista favorito!

por Manu

Elie Saab Spring 2011 Couture

Elie Saab alta costura primavera 2011O dia do Elie Saab Couture deveria ser feriado no Sem Finesse! A gente aguarda com muita ansiedade toda temporada esse desfile… e nosso mestre nunca decepciona!

Elie Saab alta costura primavera 2011

Nesta estação, Elie trouxe para nós, como sempre, vestidos para fadas e ninfas! Dessa vez, são fadas e ninfas um pouco mais ousadas, pois os looks são bem decotados, cheios de fendas, renda e transparências. Os tons são: blush, lilás, floral, verde pastel, vermelho intenso, off-white e preto. Os meus favoritos são os mais escuros, que achei que combinaram perfeitamente com a concepção do estilista. Os da Ju, são os vermelhos (segundo ela: MEUDEUSDOCÉU, é a coisa mais linda do mundo!).Elie Saab alta costura primavera 2011

Elie Saab alta costura primavera 2011

Elie Saab alta costura primavera 2011

Elie Saab alta costura primavera 2011

Elie Saab alta costura primavera 2011

Eu já me conformei que nunca vou usar um vestido desse (que, imagino, deva custa algo em torno de 40 mil dólares!), mas gostaria muito de um dia pode olhar um de perto! O movimento é inacreditável, os detalhes infinitos, os panos, os melhores! Tem como falar mal dessas obras de Couture? Não, né?

Elie Saab alta costura primavera 2011

A modelagem que ele escolheu nesse ano é bem acinturada, com tecidos esvoaçantes e muita pedraria! Alguns vestidos, ao contrário do que ele costuma fazer, são mais rígidos no movimento, mas eu gosto do mesmo jeito.

Elie Saab alta costura primavera 2011

Elie Saab alta costura primavera 2011

Elie Saab alta costura primavera 2011

Elie Saab alta costura primavera 2011

Agora é esperar para que nossas celebridades favoritas sejam influentes o suficiente para já sair desfilando com um desses nessa temporada de premiações, logo depois dos desfiles. Esse é o que mais quero ver em alguém como a Blake Lively, por exemplo:

Elie Saab alta costura primavera 2011

Minha única crítica é a magreza exagerada das modelos. Da próxima vez, manera, heim, Elie!

Quem quiser ver as fotos do desfile todo (foi difícil escolher!) tem aqui!

por Manu

Retrospectiva 2010: Moda

Hoje é a vez do assunto mais tratado no Sem Finesse: moda!
Vestidos curtos, longos, tendências, editoriais, acessórios, teve de tudo em 2010!  Confira nossos momentos favoritos:
Melhores vestidos longos

Ju: Já declarei meu amor à Monique Lhuillier várias vezes, então repito: esse vestido vermelho e o azul cobalto com bordados são simplesmente fantásticos. Outro que ganhou meu coraçãozinho é esse vermelho bordô com bordados da Marchesa.

Manu: Entre os muitos looks lindos dos red carpets da vida, me apaixonei perdidamente por três: Rachel McAdams de Elie Saab no Oscar, Cate Blanchett com um vestido todo bordado absurdo Christian Lacroix Vintage e Anne Hathaway vestida de princesa no baile do Met.

Melhores vestidos curtos

Ju: Curtinho vermelho com textura de rosas. Vestido com mistura de estampas e clima cinquentinha chique. Vestido de um ombro só com laço, estampa de oncinha e rosa. Vestido nude de renda. São as descrições da beleza :)

Manu: Vestidos que não consigo esquecer: Olivia Palermo de Valentino, Jessica Biel de Giambattista Valli (de que falei aqui e aqui), Sarah Jessica Parker com um lindo Marchesa, e Julia Petit com um estrelado de Glória Coelho! Sonhos!

Vestido do ano

Manu: Esse Miu Miu, seja no roxo ou no amarelo, foi a roupa que mais apareceu em capas e editoriais de moda pelo mundo! Além dos três da foto, foram dezenas de revistas que estamparam esse look! Amo a feminilidade forte, as cores absurdas a inovação do corte e do tecido! TUDO!

Ju: O vestido bem anos 50 da Louis Vuitton tem um decote incrível, um comprimento fofo e um caimento lindo e apareceu em um monte de editoriais. Me apaixonei demais!

Melhor desfile

Ju: Me apaixonei por todas as peças de duas coleções brasileiras, super fofas e usáveis: a Têca e a Cori. Sonhando com festas com muito glamour, fico com a primavera da Monique Lhuillier! (foto do meio)

Manu: Não vou me esquecer tão cedo do desfile Fall 2010 da Miu Miu, com o vestido do ano e outros muitos casacos fofos em preto, roxo e laranja. Também ficarão nos meus sonhos os longos absurdamente maravilhosos, dignos de ninfas, do mestre Elie Saab para a primavera 2010. Por fim, o desfile que a Ju já falou, Louis Vuitton Fall 2010, que mudou a moda, com suas mulheres mais maduras e menos secas do que estamos acostumadas a ver na passarela! E os vestidos, bolsas e sapatos, nem se fala, lindos!

Melhor editorial

Ju: O editorial da Vogue Nippon transforma o glamour dos anos 50 em uma coisa totalmente espalhafatosa e divertida! Já o editorial da Vogue UK me conquistou pela simplicidade e clima de sonho.
Manu: Adorei ver minha modelo preferida, a Carol Trentini, ruiva num editorial da Elle Brasil em novembro. As poses, os lugares (NY!) e o styling são lindos! E não é segredo que eu amo esse editorial da Anne Hathaway na Vogue America de novembro! Puro glamour, chiqueza e clima sonho!
Melhor Site Estilo Pessoal

Ju: A Emily Schuman é linda, tem roupas incríveis, tem uma gatinha e ainda cozinha coisas deliciosas e dá dicas super fofas de DIYs para a casa. Tem como não amar?
Manu: Podem falar mal, mas eu adoro o estilo da Chiara, a Blonde Salad. Seus cabelos loiros, seu jeito free-spirit, as viagens maravilhosas, a coleção de sapatos, joias e Balenciaga Motorcycle infinita! O namorado, o cãozinho e os cenários são o plus, né?
Melhor blog de moda

Ju: Amo muito o Man Repeller também, mas vou de Glamour Paraguaio, que também sonha com coisas ricas e bonitas celebrando a falta de finesse de nós, pobres mortais!

Manu: Há algum tempo acompanho a blogueira e jornalista Leandra Medine do Man Repeller e posso dizer que me apaixonei por seu ótimo estilo de escrever, o humor sarcástico e as roupas muito loucas! O princípio do blog é falar de roupas que nós mulheres amamos e que os homens detestam e como usá-las pode nos fazer muito feliz! A moça está fazendo sucesso e saiu até no New York Times! Man Repellers of the world, UNITE!

Melhor tendência


Ju: Adoro a liberdade da mistura de estampas, a feminilidade da cintura alta bem marcada e a inspiração dos anos 50, com saias bem rodadas!

Manu: O que mais amei ver em 2010, foi cintura marcada, muita atitude com acessórios e casacos de couro, a simplicidade chique do navy, a extravagância do brilho (e de Anna Dello Russo!) e a criatividade de sobreposições e misturas de estampas.

ps – as fotos que ilustram essa categoria são do genial Tommy Tom

Pior tendência


Manu: As cuissairdes, ou knee-high-boots ou bota acima do joelho me doeram os olhos. Fica bem em 0,5% da população, é muito fácil errar e ficar parecendo uma tilanga, não é, Shakira?
Ju: TAMANCA. Sério mesmo, gente, pára com isso, é falta de respeito.
Melhores acessórios

Ju: Anéis: grandões, misturados, com miniaturinhas, curti muito! As clutches também apareceram bem mais. Eu adoro e só não uso sempre porque não é prático pra carregar tudo por aí no dia a dia…
Manu: Já enjoei um pouco, mas amei muito as bolsas tipo mensageiro, ou satchel! Outra coisa que desejei muito foi um óculos de sol tipo gatinha bem dramático. Por último, bolsinhas pequenas e quadradinhas pra levar um pouco da vida e não machucar as costas. Fofura vintage!
Prêmio Meu Rim por um Sapato 2010

Ju: Esse Mary Jane da Miu Miu é muito lindo e apareceu em um monte de editoriais e no pé das bonitas ricas (tipo a Cherry Blossom Girl, dona dos dois pares aí de cima) e vive nos meus sonhos de 2010.
Manu: Além dos sapatos Miu Miu que a Ju falou, povoam meus sonhos os Beauty Pumps da Louis Vuitton, do mesmo desfile que falamos acima. O salto cravejado, o laço fofo, o bico pontudo, esse sapato é todo maravilhoso e grita 2010! Essa perfeição está disponível em mais três alturas de salto, para quem não consegue se equilibrar nas alturas! Sapato democrático!

I love Couture

Eu achei que era apenas uma empolgação por causa dos preparativos da formatura, mas, não. Nesses últimos desfiles, eu concluí que eu amo mesmo Haute Couture. Não que algum dia eu imagine usar alguma peça feita a mão nas grandes maisons. Pior, eu nem sei se eu gostaria! Deve ser tudo meio pesado, piniquento, difícil. Mas é tudo tão lindo, inspirado e inspirador! Fico tão abismada com o detalhe de algumas peças, que acho tudo arte. Às vezes eu acho meio brega toda essa coisa de regrinhas para uma grife poder fazer parte do clube (se alguém quiser, eu posso explicar como é!), mas, mesmo assim, acho lindo.

Nos últimos anos, Couture deixou de ser apenas feita com peças sonho, com detalhes enlouquecedor. Couture se trata de cortes perfeitos, roupas feitas com os melhores tecidos, pelas melhores mão, com o melhor material possível. Tudo muito exclusivo e absurdamente caro. Couture tem seus clientes específicos (dizem que são poucas as mulheres com esse poder de compra!)

Mas, né, é bom de olhar! E eu gostei muito dos desfiles dessa estação. Amei Givenchy e Chanel, e tenho cá minhas dúvidas com Dior. Mas como sempre, registro aqui meu amor pelo mestre Elie Saab, que transforma as mulheres em ninfas, com seus vestidos SONHO, cheios de drapeados, bordados, e tecidos esvoaçantes. Como não amar a mistura de seda, veludo e organza? E os tons: vermelho, nude rosado, azul claro. Deslumbrante é a palavra. Foi muito (MUITO!) difícil escolher quais postar aqui, e espero que eu não chateie vocês, mas vale a pena conferir:

E esse vestido de noiva, heim?

Por Manu

And the Oscar goes to…

Na falta dessa frase ontem, pois o pessoal só disse “And the winner is…”, nomeio esse post  sobre as mais bem vestidas (e alguns absurdos) da festa do 82o Academy Awards que aconteceu ontem (8) em Los Angeles. Também marcam presença alguns vestidos que apareceram em festas pós-oscar… Ontem, enquanto eu twittava loucamente sobre a cerimônia (desculpem-me followers), conversei um pouco com a Ju, mas nós absolutamente discordamos… Então aqui vai minha opinião sobre os vestidos de ontem! (clicando, as fotos ficam giganormes)

As mais lindas

A Ju absolutamente discorda, mas eu AMO esse vestido Givenchy que a Zoé Saldana de Avatar usou ontem. Eu já tinha dado gritinhos quando vi ele na passarela do Paris Fashion Week e achei ele a escolha perfeita para a noite de premiação. Moderno, diferente, e lindo!

A Vera Farmiga de Up In The Air arrasou nesse Marchesa pink. Eu sabia que iam usar essa marca e que iam arrasar. Não tem erro quando se quer ir toda trabalhada no glamour do red carpet. Nesse a Ju concordou comigo. Quem nos conhece sabe como gostamos de vestidos cheios de babados, bem rococó.

Quando vi que a Rachel McAdams tinha escolhido esse Elie Saab para a premiação, passei a respeitar mais ela. Esse vestido é deslumbrante e todo mundo quis usar ele na nossa formatura, uma pena que ninguém tem uns 100 mil dólares para bancá-lo.


Apesar de achar a escolha do dourado super arriscada pro tapete vermelho do Oscar (combina com a estatueta e, em contraste com o tapete, fica meio natalino), achei esse Oscar de La Renta da Cameron Diaz super acertado. Olha o movimento!

Apesar dessa postura feia, outra que apostou no dourado e acertou foi a caloura Miley Cyrus, que escolheu um dos vestidos mais bonitos da festa. A estilista é Jenny Packham.

Ana Kendrick linda, também usando um vestido nude do nosso amado, adorado e venerado Elie Saab.

Menção honrosa

Em sentido horário:

Kate Bosworth, num Valentino coral; a fofa da Heidi Klum num look sessentinha lindo; Salma Hayek, a única que decidiu homenagear Alexander McQueen; Natalie Portman, sempre linda; outra caloura na cerimônia, Kristen Stewart, toda trabalhada na vampira, com um marinho de Monique Lhuillier; a nossa diva de Glee, Lea Michele novamente dramática num longo sereia preto de Oscar de La Renta; Demi Moore que ninguém entende como está todo dia mais jovem, num nude florido e cheio de babados do Atelier Versace; também de nude rosado, estava Kelly Osbourne, que decidiu combinar seu Sue Wong com a nova cor de cabelo. Tava fofa; E, por último, Sarah Jessica Parker, sempre polêmica, num Chanel da coleção desse ano. Modelo diferentão, esquisito em movimento, mas, estático, muito lindo. Só não curti o cabelo, que era um coque com várias bolas de cabelo.

A pior da noite para mim foi Charlize Theron que focou a atenção onde não devia com essas rosas medonhas. Dior fail.

Outra que exagerou na feiúra foi Hillary Swank, que quase nunca erra. Acontece nas melhores famílias. Mas ui, esse vestido é tão feio que dá agonia de olhar.

É até meio redundante colocar a Mariah Carey aqui. Baluarte do mau gosto, Mariah desperdiça o peep-toe nude do Louboutin com esse marinho de baile de debutante. Decote + strass + fenda gigante = Fail.

O melhor e mais disputado acessório:

Dentre as premiadas, minha preferida é Kathryn Bigelow que super merecia essa (e mais outra) estatueta. Primeira diretora a ganhar um Oscar, arrasou tanto em The Hurt Locker (que é magnífico), como nesse Yves Saint Laurent cinza lindinho, cheio de corações.

Outra que levou o Oscar para casa foi Sandra Bullock, por melhor atriz em The Blind Side. Arrasou nesse dourado rendado Marchesa, quase igual à estatueta. Eu me apaixonei loucamente pelo batom que é o novo Rouge Coco da Chanel, na cor Paris. To querendo arrematar um para mim haha.

M’onique, melhor atriz coadjuvante em Precious, tava linda em azul royal (cor que escolhi para minha formatura), flor na cabeça e maquiagem perfeita.

Teaser

Com o cojunto maquiagem+cabelo preferido de ontem, a eterna diva anos 40 Kate Wislet, faço a deixa para a Ju falar das melhores em beleza da festa de ontem!

por Manu