brilho

Zuhair Murad ou Muito ouro, inshalá!

A semana de alta costura continua e hoje é dia de Elie Saab,  nosso mestre! Enquanto esperamos o desfile do deus dos vestidos etéreos e maislindosdomundo, podemos sonhar com as criações do Zuhair Murad, outro libanês genial. Sério, colocam Swarovski na água dessa gente?

Enquanto o Elie Saab geralmente aposta em um estilo mais delicado, Zuhair Murad pesa a mão na sensualidade, com muito brilho e formas justas e marcantes. No desfile de hoje não foi diferente:

Zuhair Murad alta costura primavera 2012 vestido dourado bordado Zuhair Murad alta costura primavera 2012 vestido preto bordado Zuhair Murad alta costura primavera 2012 vestido nude bordado Zuhair Murad alta costura primavera 2012 vestido bordado nude Zuhair Murad alta costura primavera 2012 vestido estampado

[facinho ver a Sofia Vergara nesse vestido, né?]

Zuhair Murad alta costura primavera 2012 vestido dourado bordado Zuhair Murad alta costura primavera 2012 vestido nude renda tule

Será que alguém já reservou uma dessas belezinhas pro Oscar?

por Julia

ML Monique Lhullier

Eu nunca escondi meu amor pelas criações maravilhosas da Monique Lhuillier (aliás, eu grito pro mundo sempre que possível que só vou usar as roupas da bonita quando eu for rica), mas o sonho de usar um daqueles vestidos de festa mais lindos do mundo agora ficou mais próximo.

Assim, não mais próximo tipo aquele vestido que você vai passar em três vezes no cartão Renner, mas meio que mais próximo com a coleção ML Monique Lhuillier, que já está à venda na Sacks por preços ligeiramente mais pagáveis.

Explico: sábado tem formatura de uma grande amiga minha e esses dias a gente tava comentando como tem gente que vai em casa de vestido de festa e aluga um vestido por 2 mil ou compra um por 3,5 mil. Sério, gente, com um orçamento desses e o dólar mega em baixa, agora você pode curtir sua formatura em um ML Monique Lhuillier. Sucesso, hum?

Não achei que os vestidos são AQUELA SANTA GENIALIDADE, mas são beeeeem lindos. Dá uma olhada:

Esse é meu preferido, maravilhoso e por U$ 598 (R$ menos de R$ 950) na cotação atual.

Acho que nem assim eu gastaria tanto em um vestido, mas é interessante, hein? :)

por Julia

Dazzle Dust Barry M ou OMG DOUBLE RAINBOW

Quando eu fui pra Europa, não queria gastar muito com roupa e maquiagem. Afinal, gastar em euro e libra não é assim tão baratinho e eu preferia ter dinheiro pra poder comer bem, beber diariamente e ir para os shows que eu queria sem ter que me preocupar com o orçamento.

Preciso nem dizer que isso não deu muito certo, né? Rolou um certo controle financeiro, mas o tenso de um mês na Inglaterra é que tem uma Boots em cada esquina. E a Boots, minha amiga, é tipo uma Sephora de pobre com marca de farmácia. Ihhh, deu merda.

Eu namorei esses pigmentos por muito tempo e comprei eles nos meus últimos dias em Londres e tenho que dizer que o Dazzle Dust está entre as melhores coisas que os ingleses fazem (do ladinho de cerveja e bandas boas e do outro lado do espectro da comida britânica).

Vamo ver os bonitos?

O 78  é a coisa mais linda desse mundo, como vocês podem comprovar. Pra mostrar a versatilidade do bonito, testei ele sozinho, com o lápis turquesa da Fenzza por baixo, com lápis preto de base e com pincel molhado. *baba*

Já o 88 é um ameixa avermelhado (acho que lembra a sombra Cranberry da MAC, mas to chutando!) brilhante, super chique. A primeira vez que usei ele passei o pigmento seco na pálpebra e fiz um delineado preto rapidinho. De pessoa normal a travesti em cinco minutos, SUCESSO. Na foto passei a sombra seca, depois com lápis preto e com o pincel molhado.

Pra finalizar, a 98 é uma cor meio indefinível mas bem absurda. O nome da cor traduzido é algo como preto petróleo (fale isso bem rápido três vezes) e o pigmento fica mais pretinho quando passado sozinho. Com o lápis preto por baixo e com o pincel molhado, ele demonstra o seu espírito travesti e libera uns brilhinhos meio lilás, meio azulados maravilhosos.

Ah, isso tudo sem dizer que custam £4,59 cada, e comprando duas na Boots eu levei uma de graça. Fazendo as conta prazamiga com preguiça da conversão: £ 9,18 por duas sombras = R$ 23,30 por três sombras. Ou seja, uns R$ 7,80 por cada potinho. Tá no preço de pigmento da Vult, hein?

Pra quem ficou com a mão coçando pra ter uma dessas belezinhas, vale a pena pedir pra amiga que tá indo pra Inglaterra e vai passar por milhões de Boots no caminho, mas se você não se importar de pagar frete, a Barry M entrega no Brasil! :)

por Julia

Retrospectiva 2010: Moda

Hoje é a vez do assunto mais tratado no Sem Finesse: moda!
Vestidos curtos, longos, tendências, editoriais, acessórios, teve de tudo em 2010!  Confira nossos momentos favoritos:
Melhores vestidos longos

Ju: Já declarei meu amor à Monique Lhuillier várias vezes, então repito: esse vestido vermelho e o azul cobalto com bordados são simplesmente fantásticos. Outro que ganhou meu coraçãozinho é esse vermelho bordô com bordados da Marchesa.

Manu: Entre os muitos looks lindos dos red carpets da vida, me apaixonei perdidamente por três: Rachel McAdams de Elie Saab no Oscar, Cate Blanchett com um vestido todo bordado absurdo Christian Lacroix Vintage e Anne Hathaway vestida de princesa no baile do Met.

Melhores vestidos curtos

Ju: Curtinho vermelho com textura de rosas. Vestido com mistura de estampas e clima cinquentinha chique. Vestido de um ombro só com laço, estampa de oncinha e rosa. Vestido nude de renda. São as descrições da beleza :)

Manu: Vestidos que não consigo esquecer: Olivia Palermo de Valentino, Jessica Biel de Giambattista Valli (de que falei aqui e aqui), Sarah Jessica Parker com um lindo Marchesa, e Julia Petit com um estrelado de Glória Coelho! Sonhos!

Vestido do ano

Manu: Esse Miu Miu, seja no roxo ou no amarelo, foi a roupa que mais apareceu em capas e editoriais de moda pelo mundo! Além dos três da foto, foram dezenas de revistas que estamparam esse look! Amo a feminilidade forte, as cores absurdas a inovação do corte e do tecido! TUDO!

Ju: O vestido bem anos 50 da Louis Vuitton tem um decote incrível, um comprimento fofo e um caimento lindo e apareceu em um monte de editoriais. Me apaixonei demais!

Melhor desfile

Ju: Me apaixonei por todas as peças de duas coleções brasileiras, super fofas e usáveis: a Têca e a Cori. Sonhando com festas com muito glamour, fico com a primavera da Monique Lhuillier! (foto do meio)

Manu: Não vou me esquecer tão cedo do desfile Fall 2010 da Miu Miu, com o vestido do ano e outros muitos casacos fofos em preto, roxo e laranja. Também ficarão nos meus sonhos os longos absurdamente maravilhosos, dignos de ninfas, do mestre Elie Saab para a primavera 2010. Por fim, o desfile que a Ju já falou, Louis Vuitton Fall 2010, que mudou a moda, com suas mulheres mais maduras e menos secas do que estamos acostumadas a ver na passarela! E os vestidos, bolsas e sapatos, nem se fala, lindos!

Melhor editorial

Ju: O editorial da Vogue Nippon transforma o glamour dos anos 50 em uma coisa totalmente espalhafatosa e divertida! Já o editorial da Vogue UK me conquistou pela simplicidade e clima de sonho.
Manu: Adorei ver minha modelo preferida, a Carol Trentini, ruiva num editorial da Elle Brasil em novembro. As poses, os lugares (NY!) e o styling são lindos! E não é segredo que eu amo esse editorial da Anne Hathaway na Vogue America de novembro! Puro glamour, chiqueza e clima sonho!
Melhor Site Estilo Pessoal

Ju: A Emily Schuman é linda, tem roupas incríveis, tem uma gatinha e ainda cozinha coisas deliciosas e dá dicas super fofas de DIYs para a casa. Tem como não amar?
Manu: Podem falar mal, mas eu adoro o estilo da Chiara, a Blonde Salad. Seus cabelos loiros, seu jeito free-spirit, as viagens maravilhosas, a coleção de sapatos, joias e Balenciaga Motorcycle infinita! O namorado, o cãozinho e os cenários são o plus, né?
Melhor blog de moda

Ju: Amo muito o Man Repeller também, mas vou de Glamour Paraguaio, que também sonha com coisas ricas e bonitas celebrando a falta de finesse de nós, pobres mortais!

Manu: Há algum tempo acompanho a blogueira e jornalista Leandra Medine do Man Repeller e posso dizer que me apaixonei por seu ótimo estilo de escrever, o humor sarcástico e as roupas muito loucas! O princípio do blog é falar de roupas que nós mulheres amamos e que os homens detestam e como usá-las pode nos fazer muito feliz! A moça está fazendo sucesso e saiu até no New York Times! Man Repellers of the world, UNITE!

Melhor tendência


Ju: Adoro a liberdade da mistura de estampas, a feminilidade da cintura alta bem marcada e a inspiração dos anos 50, com saias bem rodadas!

Manu: O que mais amei ver em 2010, foi cintura marcada, muita atitude com acessórios e casacos de couro, a simplicidade chique do navy, a extravagância do brilho (e de Anna Dello Russo!) e a criatividade de sobreposições e misturas de estampas.

ps – as fotos que ilustram essa categoria são do genial Tommy Tom

Pior tendência


Manu: As cuissairdes, ou knee-high-boots ou bota acima do joelho me doeram os olhos. Fica bem em 0,5% da população, é muito fácil errar e ficar parecendo uma tilanga, não é, Shakira?
Ju: TAMANCA. Sério mesmo, gente, pára com isso, é falta de respeito.
Melhores acessórios

Ju: Anéis: grandões, misturados, com miniaturinhas, curti muito! As clutches também apareceram bem mais. Eu adoro e só não uso sempre porque não é prático pra carregar tudo por aí no dia a dia…
Manu: Já enjoei um pouco, mas amei muito as bolsas tipo mensageiro, ou satchel! Outra coisa que desejei muito foi um óculos de sol tipo gatinha bem dramático. Por último, bolsinhas pequenas e quadradinhas pra levar um pouco da vida e não machucar as costas. Fofura vintage!
Prêmio Meu Rim por um Sapato 2010

Ju: Esse Mary Jane da Miu Miu é muito lindo e apareceu em um monte de editoriais e no pé das bonitas ricas (tipo a Cherry Blossom Girl, dona dos dois pares aí de cima) e vive nos meus sonhos de 2010.
Manu: Além dos sapatos Miu Miu que a Ju falou, povoam meus sonhos os Beauty Pumps da Louis Vuitton, do mesmo desfile que falamos acima. O salto cravejado, o laço fofo, o bico pontudo, esse sapato é todo maravilhoso e grita 2010! Essa perfeição está disponível em mais três alturas de salto, para quem não consegue se equilibrar nas alturas! Sapato democrático!